Aprovado: Prefeitura aceita propostas da Juventude Itapuãzeira para Orla de Itapuã

10468199_4337633256332_1832617935448846771_n
Juventude Itapuãzeira em reunião na Fundação Gregório de Matos

Pouco mais de um mês após a entrega do projeto que sugere adequações para a nova Orla, Itapuã dará um passo importante. Em reunião realizada no último dia 11 de junho, entre a Juventude Itapuãzeira e a Fundação Mário Leal Ferreira (FMLF), a maioria das ideias formuladas foi aceita e serão incorporadas nas obras. A iniciativa, que teve como objetivo valorizar a história do bairro na reforma rendeu outros frutos: agora a participação popular será um critério para os próximos projetos na cidade.

“Tenho prática em projeto participativo e trago como princípio de que todo plano que envolva uma comunidade, as pessoas precisam dar opinião. Por isso, acatamos a maioria das sugestões. Como sugerido, retiramos dois quiosques, fizemos a marcação da roda de capoeira no mirante, entre outros pontos. A Itapuã atual tem demandas que não existia há 50 anos atrás, mas devemos fazer de tudo para preservar a história”, afirma a presidente da FMLF, Tania Scofield.

10492449_4337632656317_3759903900348143132_n
Juventude Itapuãzeira em reunião na Fundação Mário Leal Ferreira

Segundo a presidente, os contratos dos próximos projetos, contarão com uma cláusula que determina a participação da comunidade. “Licitamos recentemente o trecho de Stella Maris e Canta Galo. Faremos uma primeira reunião para ouvir dos moradores como poderá ser a requalificação. Então faremos o diagnóstico da situação e a partir disso, chegaremos à primeira concepção. Logo após, realizaremos uma nova reunião e discutiremos em cima de um esboço. O último encontro será para validar o projeto coletivamente”, diz Tania.

A integrante do grupo, Silvia Lima, considera positiva a inserção dos moradores na elaboração. “Foi bastante interessante fazer esse processo com pessoas que também querem a mudança para Itapuã. Queremos o melhor para o bairro e agora vamos ficar de olho no que vai ser feito”.

Para João Franco, que também é membro da Juventude, o resultado da readequação deve suprir a ausência de elementos de memória e cultura da proposta anterior. “Não só a Juventude, mas também a comunidade só tem a ganhar com as mudanças”, ressalta.

“A iniciativa da Juventude foi motivadora em ambos os lados. Acho que fizemos algo importante e tenho orgulho de está participando disso”, destacou o integrante, Bruno Cardoso.

Para Eric Pereira, um dos idealizadores do movimento jovem do bairro, o diálogo da Prefeitura serve como incentivo para as ações do grupo daqui em diante. “Abraçamos a missão de produzir uma contra-proposta e fomos escutados. Isso reforça a certeza de que é possível contar com o poder Público para as demandas do bairro e do restante da cidade, principalmente quando há união entre a comunidade e força de vontade para realizar as mudanças necessárias”.

Mudanças

Antes de conferir as mudanças, clique aqui e veja o projeto que foi enviado pela Juventude Itapuãzeira para a FMLF. A seguir, veja os itens acordados:

  1. Monumento da Sereia: sofrerá uma pequena relocação, além de ganhar um pedestal no lugar da pedra que atualmente a sustenta.
  2. Mirante: terá marcações de rodas de capoeira homenageando os mestres pioneiros de Itapuã.
  3. Quiosques: serão removidos dois quiosques dos que estavam planejados. No lugar, será construída uma pista de skate para incentivar a prática do esporte.
  4. Estacionamento privativo: não será retirado.
  5. Construção de uma Quadra Poliesportiva.
  6. Anfiteatro: será chamado de Espaço das Manifestações Culturais. Será construído ao lado da quadra poliesportiva e comportará cerca de 100 pessoas sentadas.
  7. Praça da Baleia e o Espaço de Ginástica: foi apontada como prioridade a construção do Museu da Baleia, em alusão ao momento importante da economia de Itapuã no passado. O Museu da Baleia ficaria ao fundo do restaurante Posto 12, bem acima da Associação de pescadores, com vista pro mar. Foi discutida a possibilidade de realocar o Espaço de Ginástica para frente da quadra.
  8. Monumento de Caymmi: será criado não apenas um monumento, mas vários que serão espalhados entre o trecho do Largo de Cira até a Sereia.

Como tudo começou

10172857_306799609471260_726201547_n
3º Encontro da Juventude Itapuãzeira, na Casa da Música – Itapuã

Após o último encontro da Juventude Itapuãzeira, no início de abril – cuja pauta discutiu o projeto de requalificação da Orla de Itapuã – o movimento tomou a iniciativa de elaborar um documento, com adequações para o plano apresentado pela Fundação Mário Leal Ferreira. O objetivo é que fossem priorizadas as necessidades dos moradores, bem como o lado cultural do bairro.

Nessa linha, o grupo participou de duas reuniões com a FMLF e um encontro na Fundação Gregório de Matos (FGM). As instituições são responsáveis pelo plano arquitetônico e paisagístico do projeto, respectivamente.

As demandas foram debatidas entre os jovens, a presidente da FMLF, Tania Scofield, o arquiteto da instituição, Jorge Moura, bem como o subprefeito de Itapuã, Jaqson Souza e representantes da FGM.

Após análise das entidades, uma nova reunião definiu as readequações, bem como a aprovação da proposta final, no último dia 11 de junho.

 Fonte: ItapuãCity

Next Post

Jornalistas da Copa visitam praia de Itapuã nesta segunda (30)

A mais famosa praia de Salvador, Itapuã, recebe na próxima segunda-feira, 30, o press tour de jornalistas credenciados pela FIFA e/ou pelo Centro Aberto de Mídia (CAM). O evento promovido pelo Governo da Bahia, com realização da Bahiatursa, começa com a saída do grupo às 9h, do CAM. Também haverá visita […]