Atletas correm 35 km entre o Farol de Itapuã e do Humaitá

Redação

O Desafio dos Três Faróis chega a sua 7ª edição nesta quinta-feira, dia 8, a partir das 5h30, reunindo 50 atletas de modalidades como triatlo, maratonas e corrida de rua. A largada será nas proximidades do Farol de Itapuã, passando pelo Farol da Barra e finalizando no Farol do Humaitá.

Os participantes vão encarar 35 km de percurso durante o qual farão pelo menos quatro paradas para repor as energias. A estimativa é a de que o grupo conclua o desafio por volta das 9h30.

“Apesar de a prova não ser oficial, os participantes contam com todo o suporte de hidratação e suplementação”, explicou Waldir Gomes, um dos organizadores e também participante do evento.

Ele relata que a tradicional prova é uma iniciativa particular, e agrega atletas das várias modalidades em todas as edições.

A primeira edição foi organizada em 2010, pelos irmãos Waldir e Rodolfo Gomes, na tentativa de criar um espaço para os adeptos de provas de longa distância já que ambos sentiam falta de um evento desse porte em Salvador.

Para suprir essa necessidade, eles resolveram criar o Desafio dos Três Faróis como uma forma de confraternização entre os amigos que passam o ano correndo longas distâncias.

“Nascemos e nos criamos na cidade baixa admirando o Humaitá, um dos locais mais belos de Salvador. Por isso, pensamos em criar um desafio que ligasse esses dois faróis”, explicou Waldir, que soma 14 maratonas nos últimos dez anos.

O irmão e parceiro na empreitada, Rodolfo Gomes, acrescenta mais informações sobre a prova. “Todos os atletas têm muita experiência e conseguimos organizar tudo para não faltar nada”, afirmou.

“No Humaitá, fazemos uma confraternização com entrega de premiação e um banquete de frutas”, completou Rodolfo, referindo-se à variedade de lanches levada ao Humaitá pelas respectivas namoradas e esposas dos atletas que trocam a corrida pelo apoio ao grupo.

Desde a primeira edição do desafio, é proibido competir durante os seus 35 km. “Deixamos sempre claro que é uma confraternização de amigos. Largamos juntos e chegamos juntos. Não tem competição. Pelo contrário: paramos em diversos momentos para bater fotos”, destacou Waldir.

O Desafio se caracteriza pela dureza do percurso: Orla marítima, Ladeira da Barra, Corredor da Vitória, Campo Grande, Avenida Contorno, Comércio, Avenida Jequitaia, Calçada, Avenida Fernandes da Cunha, Largo de Roma, Avenida Luiz Tarquínio, Largo da Boa Viagem e, finalmente, a Ponta do Humaitá, um dos belos cartões-postais da cidade.

Fonte: A Tarde

Next Post

Confira a programação para o dia de Nossa Senhora da Conceição em Itapuã

Há 45 anos, Nossa Senhora da Conceição foi proclamada como Padroeira da Bahia e os devotos da santa já estão em festa pela data religiosa desde o dia 29 de novembro, quando foi iniciado o novenário na maior parte das paróquias. Em Salvador, sete paróquias vão ter programação especial em […]
igreja de itapuã