Busto de Mãe Gilda é alvo de vandalismo em Itapuã

Liderança do terreiro Abassá de Ogum, em Itapuã, a ialorixá Jaciara Ribeiro denunciou na última quarta-feira (4) um ato de vandalismo praticado contra o busto que homenageia a sua mãe, Gildásia dos Santos, localizado no Parque Metropolitano do Abaeté.

O monumento, inaugurado em 2014, foi danificado na última terça, ao arrancarem o nome de Mãe Gilda da placa. O crime foi denunciado ao Centro de Referência de Combate ao Racismo e à Intolerância Religiosa Nelson Mandela, vinculado à Secretaria de Promoção da Igualdade Racial (Sepromi). Jaciara também prestou queixa à 12ª Delegacia Territorial (Itapuã) e a situação está sendo investigada.

Esta não é a primeira vez que atos de vandalismo são realizados contra a memória de Mãe Gilda. De acordo com sua filha e sucessora no templo, em 2000 o terreiro que a líder comandava foi invadido, ela chegou a ser agredida, teve sua imagem maculada por outro segmento religioso e veio a falecer.

Next Post

Itapuã recebe aulão gratuito de inglês neste sábado (7); participe

A moradora de Itapuã e professora de inglês, Neila Sandila, vai promover neste sábado (7), a partir das 9h, um aulão gratuito de inglês, na Creche Cead, localizada na Rua da Mangueira. A iniciativa partiu do desejo da docente, formada em Letras com Inglês e pós-graduada em Gramática e Texto, […]