Centro esportivo de Itapuã oferece aulas gratuitas a crianças e jovens

centro-esportivo1

Buscando o desenvolvimento social por intermédio da prática esportiva, o Centro Esportivo e Cultural Armindo Biriba, localizado na Rua da Ilha, em Itapuã, oferece à comunidade aulas de diversas modalidades esportivas. O projeto é aberto para público de todas as idades e gratuito para crianças e jovens de 5 a 17 anos.

São oferecidas aulas de capoeira, boxe, taekwondo, jiu-jitsu, karatê, futebol, futsal, vôlei e basquete.  Para ter acesso, basta comparecer ao local e preencher a ficha de inscrição; os menores de idade precisam ser matriculados pelos pais ou responsáveis.  Até o presente momento, algo em torno de 2.500 pessoas entre jovens, crianças e adultos.

centro-esportivo

O professor de capoeira e coordenador do projeto de inserção esportiva, André Biriba, explica a função social do projeto; “além de tirarmos a criança da situação de risco social, a gente também auxilia com esse trabalho as escolas. Porque a prática esportiva desenvolve o raciocínio lógico, a questão psicomotora o que contribui para que a criança tenha um bom rendimento escolar”.

Organização do espaço

O centro recebe o apoio da comunidade para a sua manutenção. Comissões criadas pelos membros do próprio bairro organizam os diferentes setores do centro. Além disso, há o apoio do governo municipal por intermédio da Diretoria Geral de Esporte para o Social, cujo diretor é o vereador Téo Senna.

Brincando de se exercitar

Além das modalidades oferecidas, o projeto realiza ainda um trabalho de desenvolvimento das valências físicas com crianças de 5 a 7 anos. Esse trabalho tem o objetivo de adaptar a criança à prática esportiva, para posteriormente inseri-la em alguma modalidade; “a gente trabalha o desenvolvimento do equilíbrio de uma forma prazerosa para a criança, brincando, e nessas atividades se desenvolve a força, a resistência, coordenação motora, flexibilidade, após essa preparação nós encaminhamos para uma modalidade”, explica Biriba.

Um pouco da História

Fundado em 1979, desde 1998 o espaço foi transformado em Centro Esportivo e Cultural. Após a morte do ex-jogador e até então administrador do local, Armindo Biriba, um grupo de vereadores resolveu homenageá-lo rebatizando o centro com o seu nome. O espaço passou então a chamar-se Centro Esportivo e Cultural Armindo Biriba. “Foi um reconhecimento de todo trabalho que ele fez ao longo de sua vida esportiva, além de um reconhecimento também da comunidade”, conta André.

Fonte: ItapuãCity

Next Post

O grito que ainda não se ouve

Há pouco mais de 10 dias dois protestos reverberaram no cenário nacional. A atual situação política do país motivou simpatizantes e opositores do governo a expressarem solidariedade e indignação para com nossos poderes Legislativo e Executivo, em ações que tomaram diversas cidades brasileiras e repercutiram demasiadamente na mídia. Ambas as […]