E o crescimento continua

Saulo Miguez

 coluna-pense-nissoBasta andar pelas ruas de Itapuã para perceber o potencial comercial do bairro. São lojas para todos os gostos, de todos os tamanhos e para todas as classes, que suprem a necessidade da sua população. Essa atividade facilita a vida de quem mora no bairro e responde pela geração de diversos empregos, fator de suma importância por amenizar – ainda que de forma modesta – a questão da distribuição de renda em nosso país.

A cada dia que passa novos empreendimentos surgem e a atividade comercial continua pulsando. Lanchonetes, farmácias, supermercados foram, ou estão prestes a serem, inaugurados na Avenida Dorival Caymmi, e as vias de menor porte também seguem o mesmo fluxo. Esse crescimento vem sendo motivado pelo “boom” imobiliário que ocorre na região; o condomínio de prédios em construção na Rua da Ilha tem tudo para ser o primeiro de uma série, e para atender essa demanda é necessário preparo. O público precisa ter boas (e variadas) opções de compras.

É bom lembrar que Itapuã tem o comércio na sua história, este bairro cresceu em função da sua feira. E isso é mais um motivo para lembrarmos o quão significativo é a reforma do seu Mercado Municipal. Há uma necessidade real da feira voltar a funcionar em condições dignas para os seus comerciantes bem como para os seus clientes.

Next Post

Situação caótica em escola de Itapuã faz alunos publicarem vídeo na internet

Desde junho deste ano, juntamente com o movimento Acorda Itapuã, jovens estudantes das escolas estaduais localizadas em Itapuã, reivindicam por melhorias na estrutura das instituições para que tenham as devidas condições de estudo. O mais novo protesto é com relação à limpeza da escola. Segundo os alunos da escola estadual […]