FMLF responde ao ItapuãCity as principais dúvidas sobre a nova orla de Itapuã

obra-itapua
Foto: Divulgação/ Agecom

Após continuar gerando dúvidas para a população sobre à execução do projeto de reforma da orla de Itapuã, conforme o que foi apresentado aos moradores em 2014 ao se iniciarem as obras, o ItapuãCity entrou em contato com a Fundação Mario Leal Ferreira – FLMF, responsável pelo projeto, na tentativa de esclarecer os principais questionamentos enviados através do portal.

Confira abaixo:

1 – Quando as obras serão concluídas?

Segundo a SUCOP, que é a responsável pela execução das obras, a conclusão está prevista para agosto.

2 – A FMLF reuniu-se algumas vezes com o movimento Juventude Itapuãzeira e acatou algumas sugestões para o projeto, como: inclusão de quadra, espaço multi cultural, equipamentos para skatistas etc, conforme já publicado. Porém, com as obras já avançadas, a população ainda não consegue identificar onde estarão localizados esses equipamentos. Eles existirão?

O diálogo com a Juventude Itapuanzeira foi extremamente proveitoso para o projeto. Entre as sugestões que você citou, várias foram incorporadas ao projeto. A quadra está sendo implantada ao lado do estacionamento, próximo ao hotel junto ao posto 12. Já o espaço multi-cultural ficará junto a arquibancada, próxima a quadra de esportes. Vocês indicaram também que a questão cultural de Itapuã também fosse valorizada. Nesse sentido, será implantada uma estátua em bronze, em tamanho natural, de Dorival Caymmi com seu tradicional violão. Esta estátua será de autoria do famoso artista plástico Tati Moreno e certamente será mais um atrativo da região. Outras esculturas fazendo menção a obra de Caymmi poderão ainda ser implantadas pela Fundação Gregório de Matos, órgão responsável pela cultura no município. Finalmente, quanto ao equipamentos para os skatistas sugerido para a área, cabe observar que já há a previsão de implantação de uma nova pista de skate tamanho profissional, no projeto para o trecho da orla de Stella Maris/Ipitanga, em fase de conclusão. Assim, optou-se por favorecer usos mais diversificados para este trecho.

3 – Ao longo da orla de outros bairros que passaram, e ainda estão passando, por obras temos um mureto que protege os pedestres da altura da região da praia. Em Itapuã também haverá essa contenção?

A solução da mureta, adotada em outros trechos, foi considerada inapropriada para o trecho em questão, pois se tornaria um obstáculo à visibilidade da extrema beleza cênica da área. Outras soluções vinham sendo pensadas e, na última visita à área, chegou-se à conclusão de que a solução ideal seria um guarda-corpo em aço inox ao longo do trecho entre Plakaford e Itapuã (sereia), o que daria segurança, sem obstruir o visual característico da região.

4 – Em frente à igreja da praça Dorival Caymmi foi colocada uma nova cruz, só que de material metálico, e que já está enferrujando. Será permanente? Como será o processo de manutenção?

O aspecto “enferrujado” é próprio do material utilizado, que é o aço corten. Ele tem sido utilizado em outros monumentos públicos em função da sua durabilidade em relação à corrosão, inclusive pelo salitre da área de orla. É justamente essa camada de “ferrugem” que protege o monumento e dá mais longevidade à peça. A manutenção será feita pela SEMAN, órgão público responsável por tal serviço.

5 – A construção dos quiosques só será iniciada com a entrega da orla já reformada?

Os quiosques fazem parte de uma licitação para toda a orla de Salvador, realizada à época pela SEDES. A licitação já foi concluída e a indicação da localização dos quiosques vem sendo feita nos projetos de orla executados pela FMLF. Porém, a sua efetiva implantação e exploração dependem de autorização da Superintendência de Patrimônio da União (SPU), visto que estão em área de marinha. O pedido de autorização ainda está em tramitação neste órgão.

6 – Já existe uma previsão de início da segunda etapa de reforma da orla Itapuã / Pedra do Sal?

Este trecho faz parte do projeto de requalificação da Orla como um todo, contudo ainda não temos previsão de início do projeto para o referido trecho.

Fonte: ItapuãCity

Next Post

"Terça em Movimento" recebe Lu Santana e Banda Didá nesta terça em Itapuã

Em continuidade ao projeto “Terça em Movimento”, realizado todas as terças-feiras à noite no espaço gastronômico Villa Bahiana, em Itapuã, o Movimento Itapuã Cultural apresenta a 2ª temporada do projeto. A iniciativa tem como objetivo valorizar a cultura e os artistas locais, além de potencializar o bairro como roteiro turístico […]