Itapuã em combate à dengue

Saulo Miguez

Um levantamento da Secretaria Municipal de Saúde, divulgado no final do mês de abril, encheu a população itapuãzeira de orgulho. Na contramão do que vem ocorrendo na maioria das localidade brasileiras, o índice de dengue no bairro diminuiu consideravelmente nos quatro primeiros meses do ano, em comparação com o mesmo período de 2014.

Esse ano, no período considerado, foram notificados 65 casos, enquanto que no mesmo período de 2014, 765 ocorrências haviam sido registradas. Esse número representa uma queda de 90% da doença entre os residentes de Itapuã. Um dado a ser comemorado.

Foto: Agência Brasil

Um fato determinante para essa drástica redução foi o combate ao mosquito Aedes aegypti, agente transmissor da doença, através dos veículos do tipo fumacê e pela fiscalização dos agentes de saúde, que rodam de casa em casa vistoriando possíveis focos da doença.

Tudo isso, no entanto, não traria o resultado esperado caso a população não tivesse aderido às medidas de controle. Eliminar focos de água parada, higienizar reservatório e evitar deixar entulhos em locais abertos, sobretudo em períodos de chuva, são as medidas básicas para acabar com a doença. E, pelo visto, os moradores de Itapuã estão seguindo bem a cartilha.

Para se ter uma ideia, na região que abrange os bairros situados em Barra e Rio Vermelho, em 2014 foram notificados 520 doentes com dengue entre os meses de janeiro e abril, um número menor do que o registrado em Itapuã no mesmo período. Enquanto que, esse ano, ocorreram 184 notificações no distrito Barra/Rio Vermelho, praticamente o triplo do registrado em Itapuã.

Next Post

Movimento Itapuã Cultural‎ estreia hoje (12) a Terça em Movimento

Inicia-se hoje (12) às 19h, com os shows do Grupo Botequim e da cantora Lu Santana a “Terça em Movimento”. Com a missão de difundir a cultura de Itapuã com shows de artistas locais e convidados. A “Terça em Movimento” vai atrair um novo público para o bairro, pessoas formadoras de opinião, […]