3 de junho de 2020

Funcionária do Sétimo Centro é diagnosticada com coronavírus

Profissionais do Centro de Saúde José Mariane – Sétimo Centro, em Itapuã, estão expostos todos os dias ao novo coronavírus, sem qualquer barreira de segurança capaz de protegê-los. É o que consta denúncia apresentada na Ouvidoria da Câmara Municipal de Salvador (CMS).

De acordo com o relato, os profissionais trabalham sem garantia do fornecimento de equipamentos de proteção individual (EPIs). Nem mesmo teste de diagnóstico de Covid-19 eles podem fazer, apesar de uma funcionária ter testado positivo para a doença.

Os profissionais relataram ao órgão do Legislativo que buscaram a gerência sobre quais medidas poderiam ser tomadas para proteger os demais, mas foram informados que ninguém seria afastado. Além disso, só seriam testados aqueles que apresentassem os sintomas da doença.

Além da falta de equipamentos de proteção individual (EPI’s) adequados para a proteção diante de uma doença de altíssima letalidade, os servidores municipais reclamam da exposição a que estão sendo submetidos em locais possivelmente contaminados. Alegando que uma colega teria testado positivamente para o novo coronavírus, trabalhadores da UBS Professor José Mariane exigem testagem pessoal e descontaminação das instalações.

Motivados pela falta de acolhimento das queixas por parte da gestão municipal, os trabalhadores da UBS reuniram-se na manhã desta quarta-feira (22) para buscar alternativas de proteção individual e coletiva, visto que fora estabelecida exigência de manter o atendimento aos usuários da unidade.