Jovem de Itapuã conta experiência na JMJ Rio com o Papa

isa-jmj
Isadora Paixão no grupo da JMJ 2013

Evento esperado por milhões de fiéis espalhados pelo mundo, a Jornada Mundial da Juventude realizada no Rio de Janeiro aproximou a juventude católica do Papa Fracisco. Entre os fiéis estava a jovem Isadora Paixão, moradora de Itapuã, que contou em entrevista ao ItapuãCity sobre a sua experiência na JMJ 2013. Confira abaixo:

“A Jornada Mundial da Juventude aconteceu de 23 a 28 de Julho, mas há um ano que eu e minha Pastoral da Juventude à vivenciávamos, pois para chegar até o Rio de Janeiro foi toda uma preparação.

Primeiro a comunidade nos ajudou a levantar dinheiro para pagar as inscrições, e também nos preparamos espiritualmente, foi um ano de vigílias e orações em pró da JMJ.

Saímos de Salvador no dia 22 de julho, encaramos 30 horas de viajem de ônibus e finalmente chegamos ao Rio, onde fomos acolhidos em casas de família.

Quando saímos para o primeiro evento da JMJ foi uma emoção muito grande porque tinha gente de todo canto do mundo, mas todos estavam ali porque acreditavam no mesmo evangelho, na mesma palavra. Mesmo com idiomas diferentes falávamos a mesma língua, e ver o sorriso de cada peregrino contagiou meu coração. Ver e ouvir o papa de tão pertinho foi uma benção na minha vida. Dormi no chão de Copacabana, enfrentando 8 graus, foi um ato de humildade que nunca pensei em passar em minha vida.

Enfim, a JMJ para mim foi uma grande lição. Quero fazer de minha vida uma jornada mundial, ir e fazer discípulos entre todas as nações.”

Fonte: ItapuãCity

Next Post

Itapuã x Rio vermelho: Qual é o bairro mais boêmio da cidade?

O termo “Boemia” corresponde a um estilo de vida despreocupado e desgarrado a grandes projetos de vida ou bens materiais. No bom português, o termo ganhou atribuições a um estilo de vida vagabundo, desregrado. Aqui na Bahia, o termo mergulha numa conotação bem próxima daquelas idealizadas pelos jovens franceses do […]