Saciedade, fibras e emagrecimento

Luan Lisboa

coluna-nutricao-e-saude

A obesidade é um problema de saúde que acomete uma grande parte da população mundial e promove diversos transtornos a vida do indivíduo. Além de complicações na saúde como diabetes, problemas cardiovasculares e hipertensão, a obesidade prejudica ainda a vida psicossocial de quem sofre desse transtorno.

Diversas substâncias, suplementos alimentares, medicamentos e até mesmo intervenções cirúrgicas são utilizadas para auxiliar a redução de peso. Porém poucas dessas intervenções apresentam um resultado positivo em longo prazo se não forem associadas a mudanças dos hábitos alimentares. A mudança no habito alimentar sozinha, na maioria das vezes, é o suficiente para promover uma redução no peso, sendo considerada uma arma forte no combate a obesidade.

A mudança nos hábitos alimentares consiste em alterar o consumo alimentar diminuindo a ingestão de alimentos não saudáveis e aumentando o consumo de alimentos saudáveis, com possível diminuição do consumo alimentar. A alta ingestão alimentar proporciona um balanço energético positivo, ou seja, você gasta menos caloria do que consome armazenando o excesso em forma de gordura.

O controle da saciedade pode ser alcançado através da alimentação. Uma alimentação rica em fibras pode promover redução no consumo de energia, por meio do aumento da saciedade e diminuição da fome, em comparação com uma alimentação pobre em fibras.

Um dos motivos pelo qual a fibra promove saciedade é bastante conhecido. Os alimentos fontes de fibras necessitam de um tempo maior de mastigação. Essa mastigação prolongada promove aumento na produção de suco gástrico que, juntamente com a saliva e o alimento, provocará uma elevação do volume do conteúdo estomacal, aumentando a sensação de saciedade.

Outro mecanismo proposto para ação das fibras na saciedade é devido sua capacidade de formação de géis. Estes forram a parede do estômago retardando o esvaziamento gástrico aumentando, assim, a sensação de saciedade. Com o retardo do esvaziamento gástrico, a digestão se torna mais demorada diminuindo a absorção de nutrientes como gordura e glicose, atrasando assim o aparecimento da fome.

Para emagrecer com saúde aumente o consumo de alimentos ricos em fibras como aveia, quinoa, arroz e pão integral, linhaça, laranja, maçã, manga ameixa, (sempre com casca e bagaço), couve, repolho, agrião e berinjela, feijão, lentilha, soja, ervilha e grão-de-bico.

Para um acompanhamento nutricional individualizado procure sempre a orientação de um Nutricionista, ele é o profissional mais adequado para melhorar a sua alimentação.

Para ficar ligado em mais dicas sobre Nutrição e Suplementação Esportiva curta: www.facebook.com/LuanNutricaoEsportiva

Next Post

Moradores de Itapuã lotam reunião sobre Conselho Comunitário do bairro

A reunião de apresentação do modelo de criação do conselho comunitário do bairro de Itapuã aconteceu na manhã deste sábado (17) na sede da subprefeitura-bairro, localizada na região da nova feira de Itapuã, em Nova Brasília. O evento contou com a presença de mais de 100 participantes, que lotaram o […]