Sensibilidade Espiritual

oração-pela-paz

Quando nos calamos e deixamos o nosso ser interior falar, nos tornamos anjos mensageiros de Deus, inspirados pelo Espírito Santo, para falarmos o que Deus nos falaria, se tivéssemos sensibilidade espiritual para escutar. Certamente,  Ele tem visto todas as nossas aflições e sabe, melhor do que ninguém, o que precisamos ouvir. Portanto, quando lhe faltarem forças para se levantar, busque a interior, porque lá existe uma fortaleza imbatível e eterna; tenha fé e esperança, porque assim se levantará quantas vezes forem necessárias.

Aprenda a surpreender trabalhando em silencio; não se queixe nem se vanglorie. “Afinal este é o segredo e a alma do negocio”! Quando aprendemos o momento certo de silenciar e o oportuno para falar é porque encontramos o caminho para o sucesso.

Durante a vida inteira vivemos esperando pela perfeição, idealizamos pessoas, sonhamos com príncipes e princesas, mas quando amadurecemos e descobrimos o que é o amor compreendemos que este nos torna tão fortes que somos capazes de construir castelos. Aprendemos que a perfeição não existe e que estes personagens só estão presentes nos sonhos e contos de fadas, mas que o amor é capaz de transformar sonhos em realidade.

A maior riqueza na vida de um homem não se encontra nos bens acumulados, mas sim nos valores adquiridos ao longo da vida. Não é o que ele tem, mas quem ele é e o que se tornou. De que vale o homem ganhar o mundo inteiro e ser pobre de espírito? A beleza do ser humano não está no seu exterior ou na sua riqueza, mas sim na iluminação da sua essência. Que nos desprendamos dessa existencialidade exacerbada do ter e entendamos a essencialidade da vida, o ser.

Porque se  nos focarmos nesse plano  da materialidade, esqueceremos a espiritualidade, estando conscientes que todos estão aqui de passagem e enquanto há vida existem sonhos e esperanças; porque se não funcionar de um jeito, certamente funcionará de outro. O que você precisa é parar para pensar e se encontrar em algo. Você só não pode,  e nem deve, se punir nem tão pouco protelar a sua vida: viva bem com o que você tem!

Busque sempre os seus objetivos! Fazendo assim, terá forças para atingir as suas metas. Porque se punindo você não estará se ajudando. A sua vida pode não estar fácil, mas você pode facilitá-la ou dificultá-la ainda mais: tudo dependerá das suas escolhas.

Portanto, mude, transforme-se e evolua! Que a sua existência seja reflexo da sua essência e que sejamos sensíveis espiritualmente à voz de Deus, abrindo os nossos olhos espirituais para que enxerguemos o caminho que nos conduzirá à paz interior.

Next Post

Dia dos Pais em Itapuã terá “Moqueca com Samba”

Um projeto que une música, arte e gastronomia promete movimentar o Dia dos Pais (10/08) em Itapuã. A primeira edição do Moqueca com Samba, tem como foco resgatar as raízes culturais do bairro, bem como oferecer entretenimento. “Venho de uma família com tradição em acarajé, onde aprendi bastante sobre a […]