Um bairro em obras

Saulo Miguez

coluna-pense-nisso

Na orla, na feira, nas ruas internas. O bairro de Itapuã transformou-se em um canteiro de obras a céu aberto. Algumas delas perduram há bastante tempo, como é o caso da reforma do Mercado Municipal, outras, como a ciclofaixa, apesar de recentes estão envoltas em muita polêmica.

Como é de costumes nesses momentos, o quebra quebra tem gerado incômodo aos moradores de Itapuã. Muita poeira no ar, areia na pista, entulho nas calçadas, enfim, o itapuãzeiro tem motivos para reclamar.

Um fato a ser considerado, todavia, é que há bastante tempo Itapuã espera por essa revitalização. Foram anos de abandono, obras inacabadas e agora, ao que tudo indica, foi dado um encaminhamento. O bairro, como muitos outros aglomerados urbanos, cresceu sem um planejamento concreto, de modo que aos poucos o espaço foi deixando de ser das pessoas.

Antes tarde do que nunca, a reestruturação de Itapuã vem se fazendo e, dentro do possível, contemplando a todos. A readaptação de trechos da ciclofaixa em ciclorrota, por exemplo, é uma das provas de que se está havendo algum diálogo entre as partes envolvidas e que, caso todos os interessados resolvam se unir em prol do bem comum, teremos um bairro melhor após esse caos.

Next Post

TV Ufba lança documentário sobre As Ganhadeiras de Itapuã; assista

A TV da Universidade Federal da Bahia (TV Ufba) lança documentário sobre As Ganhadeiras de Itapuã, grupo cultural que desde 2004 trabalha no intuito de valorizar e fortalecer a riqueza da identidade baiana através do resgate de histórias e da musicalidade, em especial o samba. O programa traz um resgate histórico da […]