Vem pra urna: Itapuã integra a segunda maior zona eleitoral de Salvador

Itailuan Anjos

Com 135.209 eleitores, a 10ª zona eleitoral, que compreende os bairros de Itapuã, Imbuí, Bairro da Paz, Boca do Rio, Stella Maris é a segunda maior de Salvador, ficando atrás apenas da 8ª zona (Cajazeiras, Águas Claras, Castelo Branco, Sete de Abril) com 144.382 eleitores, segundo dados de junho de 2014, do site do Tribunal Superior Eleitoral.

urna

Faltando apenas três meses para as eleições, é hora de pensar no voto, em quem pode gerir a vida política do país. Mas, como essa questão está sendo discutida entre os itapuãzeiros?

O administrador, João José Pereira Filho (50), acredita que o voto deve ter importância tanto para as pessoas mais maduras, quanto para os jovens, que adquirem esse direito aos 16 anos. É o despertar para a política. “Quanto mais cedo o jovem tiver interesse em participar da vida política, mais vai se preocupar com seu futuro e com o que está em volta. Penso que deveria haver uma reforma política para que o voto fosse mais valorizado e assim os candidatos tivessem mais responsabilidade com a atuação na sociedade”.

O estudante Danilo Brandão (18) juntou os amigos para tirar o título de eleitor e vai votar pela primeira vez esse ano. No entanto, sua primeira experiência no campo político despertou reflexões. “Participei de congresso envolvendo grêmio estudantil e de início fiquei empolgado com as ideias, as possibilidades, mas depois que conheci a realidade, fiquei desmotivado. Por isso, antes de votar já estou pesquisando sobre os candidatos”, diz.

“A presença do jovem na construção de um país melhor a cada dia é fundamental, e essa participação se dá principalmente nas eleições, quando votamos nos candidatos que nos representarão. A Copa vai chegando ao fim, não conseguimos o hexa, o que deixa claro que o título mais importante deste ano será realmente o de eleitor”, completa o publicitário, Eric Pereira (24).

Fonte: ItapuãCity

Next Post

Vivências da Copa

  Tudo que vivemos durante a vida fica registrado no subconsciente. E muitas vezes determina o nosso comportamento futuro. Reagimos em determinadas situações motivados pelos reflexos das nossas vivências, dependendo da intensidade do que foi vivido e a forma pela qual fomos atingidos emocionalmente. Quando presenciamos situações que já foram […]