A traição

coluna-entrelinhas

“Só o cinismo redime um casamento.
É preciso muito cinismo para que um casal chegue às bodas de prata. “

Nelson Rodrigues

A traição, bem como outros temas que já abordamos aqui, é um daqueles assuntos super mega ultra master polêmicos. Mas por quê? Ora, todos dizem que trair é errado, mas a grande maioria das pessoas já traiu um parceiro alguma vez na vida. E estamos falando aqui de traição mesmo, daquelas de mulher para homem e vice-versa, não esquecendo das relações homoafetivas.

Imagens: Google

E de onde surge a monogamia, ou a relação onde só se tem um parceiro? Um estudo feito pelo antropólogo Ford, juntamente com a psicóloga Beach, em 185 sociedades, apontou que apenas 5% da desta população desaprova o sexo extraconjugal [Veja aqui]. E por conta dessa realidade criam-se monstros de ciúme que morrem de medo de ser traídos e para isso não acontecer, aprisionam como podem o ser amado, que é bom demais pra que se queira dividir com alguém [releia a matéria sobre ciúme, só para se lembrar de que é um sentimento que não presta].

Encaremos uma realidade: vasculhar bolsos, carteira, carro, gavetas, celular, facebook ou qualquer outra fonte de informação, e até ser a melhor namorada do mundo, não vão, em hipótese alguma, impedir que a pessoa que às vezes você nem ama, mas quer ter raia você. E o que pode ser pior é que a figura pode até começar a prestar atenção em pessoas que você achou que seriam um risco, apenas pela sua insistência em desconfiar de algo entre os dois. Você já traiu? Não? Nem em pensamento? Pois claro, não seria também uma traição se o pensamento deseja com todo afinco e o corpo responde?

O que defendo aqui é que se você tiver de ser corno um dia, de fato consumado mesmo, você será, meu caro. Não gaste suas energias com pensamentos negativos a respeito da pessoa que te ama de verdade, mesmo que às vezes ou alguma vez na vida, ela venha a querer te trair ou realmente traia você. Piscadinhas, olhares, um beijinho enquanto está em um intercâmbio (peguei pesado?), não vão determinar que seu namorado, marido, noivo não tenham sentimento verdadeiro por você.

Imagens: Google

Todo mundo sabe que os homens traem por necessidade física (e muitas mulheres também) e eles são burros demais pra essas coisas, se você procurar pistas, uma hora vai achar, mas pode não valer a pena. Como dizia Nelson Rodrigues, “os homens mentiriam menos se as mulheres fizessem menos perguntas”. É claro que não dá pra se fazer de idiota, seu namorado sai toda sexta e sábado com os amigos e te deixa em casa e você acha normal?  Sua mulher passa muito tempo na academia e quando chega em casa nunca tem energia pra fazer amor com você, peraí, né? Tem algo muito estranho aí! Há quem, ainda assim, se finja de cego pra não enxergar o que está debaixo do seu nariz, mas o outro extremo não é válido. Repito, perda de energia sem necessidade.

Gaste mais tempo se dedicando ao relacionamento, procurando conhecer quem está ao seu lado, curtir, viajar, se desligar dos problemas, e permita também que ambos tenham momentos sozinhos. A saudade é super importante para quem você ama querer te ver sempre, e com muita vontade disso. Esse é o grande lance para fazer a traição não ser um monstro em sua mente. Não perca tempo imaginando coisas e enchendo o saco da sua namorada ou do seu namorado com desconfianças inúteis e tentativas fracassadas de ter o controle da situação. Faça sua parte e confie, principalmente em você, pois assim, se um dia você for traído (a), vai saber que o problema não estava com você. Não é difícil, desapegue-se de conceitos e julgamentos precipitados. Sem crises de ciúme, seu parceiro terá sempre bons pensamentos sobre vocês e isso é um forte pilar adicional para sustentar o bom relacionamento.

E você queridinha ou queridinho, que gosta de pegar geral e não respeita o seu relacionamento, nada de se surpreender ou ficar “#xatiado” se a vida te der tudo isso em dobro um dia.

Next Post

Os serviços de lazer em Itapuã: Um mar de possibilidades

Um bairro com potencial! Itapuã é um bairro que atrai uma grande leva de pessoas, sejam elas turistas, moradores de outros bairros ou até mesmo pessoas interessadas em morar neste belo pedaço de Salvador.  Este é um bairro bastante famoso além de ser referência turística para os viajantes que vêm […]