Campeã baiana de judô está em busca de patrocínio para disputar campeonato brasileiro

10268445_572438462877360_6493011494896732250_n

Uma trajetória brilhante parece ascender mais um nome do esporte baiano. Ao iniciar no judô, em menos de um ano, Maria Eduarda (11), mostrou total intimidade, conquistando de cara medalhas nos campeonatos interescolar, baiano e regional. Agora, a atleta-mirim está prestes a disputar o campeonato brasileiro como representante da Bahia, na categoria sub-13 super ligeiro, em João Pessoa-PB. No entanto, falta apoio financeiro para custear a viagem e as próximas etapas.

“Na última competição em Belo Horizonte, nós, como pais dela custeamos tudo com a ajuda de alguns amigos. Para João Pessoa, precisamos de mais doações, pois a Federação Baiana só custeia a passagem de avião, ficando sob nossa responsabilidade, as despesas com acompanhante, deslocamento, hospedagem e alimentação”, conta a mãe de Maria Eduarda, Jandaíra Santana.

Ela destaca que a menina precisa de um patrocínio fixo, que possa arcar com os custos dos campeonatos internos. “Pra se manter no ranking, ela precisa participar do circuito baiano sempre, o que implica nos gastos anteriores além das inscrições”, diz.

judoJandaíra acrescenta que caso a judoca seja classificada na competição em João Pessoa, estará mais perto de uma disputa internacional. “Ela poderá participar do Panamericano, que será na Costa Rica”, completa.

Seguem os contatos da Jandaíra Santana e Amilton Costa – pais da Maria Eduarda:
(71) 88063991/ 88139896

Fonte: ItapuãCity

Next Post

Samba do Seu Reginaldo sacode a comunidade itapuãzeira há 13 anos

Um batuque que leva ao balanço e desperta o verso na ponta da língua, lançado numa roda de amigos. Esse pode ser o resumo mais singelo do samba na sua essência, mas sem dúvidas é carregado de representações. Em Itapuã, o estilo que nasceu com a vila de pescadores, tem […]