Com quantas feiras se faz um carnaval

coluna-pense-nissoJá virou um clichê nessa época do ano se debater a respeito do valor histórico e cultural do carnaval e os seus prejuízos socioeconômicos. Todo ano é a mesma coisa: uns atacam enquanto outros advogam a favor do festejo.

É inegável que o carnaval de Salvador tem o seu peso histórico. Ele, juntamente com os nossos principais cartões postais, é a principal referência da boa terra, sobretudo no cenário internacional. E também graças ao carnaval, principalmente, a Bahia transformou-se em um dos principais pólos turísticos do país, o que movimenta a economia gerando emprego e renda para o estado.

Porém, com o passar dos anos os festejos carnavalescos da nossa cidade passaram a absorver cada vez mais recursos dos cofres públicos, enquanto que a população vem sofrendo a duras penas com a falta de infra-estrutura e serviços básicos. E esse é o principal argumento dos opositores da festa.

Só esse ano o governo do estado disponibilizará R$ 60 milhões para dar suporte aos 7 dias de festa. Para se ter uma idéia do que representa esse montante, o prefeito ACM Neto disponibilizou R$ 14 milhões para as obras de reestruturação da orla de Itapuã e do mercado municipal do bairro. Ou seja, com o que será gasto em uma semana de festa daria para reconstruir a orla e o mercado de Itapuã quatro vezes e ainda sobraria um belo troco.

Vale ressaltar também que o anúncio oficial do lançamento  da verba para as obras da feira só aconteceu dois anos após o acidente que deixou dezenas de comerciantes desempregados e fez vítimas fatais.

Já a “doação” do governo para o carnaval acontece religiosamente todo ano faça chuva, sol, deslizamento de terra, greve ou qualquer outro infortúnio que subentendesse contenção de despesas.

Next Post

Itapuã ao som do jazz alternativo

A fusão do jazz com o rock, que inspirou a geração dos anos 60 está de volta, e com uma pitada de clima praieiro. Esse é o conceito do grupo Itapuã Jazz, idealizado por Rafael França, (28). “Itapuã Jazz é um conceito diferenciado de cultura dentro de Itapuã, uma ideologia. […]