Confira o que rolou nos 110 anos da Lavagem de Itapuã

No ano em que a Lavagem de Itapuã completou 110 anos de existência, foi também comemorado a primeira década do Bando Anunciador. O grupo de percussão, formado por moradores do bairro, percorreu as ruas de Itapuã na madrugada do dia 05/02 anunciando o início da festa. Dando início à mais uma edição da histórica manifestação popular.

baiana-lavagem-de-itapua-2015

As 200 baianas marcaram presença no Cortejo rumo à Igreja de Nossa Senhora da Conceição. Lá, foi repetido o gesto de lavar as escadas da igreja e assim consagrar o sincretismo religioso, tão marcante da nossa cultura. O cortejo foi acompanhado por nativos e turistas que todos os anos marcam presença na última festa de largo antes do carnaval.

ghandy-lavagem-de-itapua-2015

Os Filhos de Gandhy trouxeram o azul e branco para as ruas de Itapuã. Vestidos com os tradicionais turbantes e enfeitados com seus colares, os mensageiros da paz se misturaram em meio a multidão e no ritmo da percussão marcaram presença na Lavagem.

malê-lavagem-de-itapua-2015

O Bloco Afro Malê Debalê também fez bonito na Lavagem. Principal representante da cultura africana em Itapuã, e um dos maiores expoentes da cultura negra na cidade de Salvador, o Malê desfilou com cerca de 100 integrantes pela orla do bairro, dentre eles Celso Henrique Santana e Gisele da Silva Santos, respectivamente o Negro e a Negra do Malê de 2015.

Segurança Pública

Apesar dos 1900 itens em situação irregular apreendidos pela Secretaria Municipal de Ordem Pública (Semop); dentre eles mesas, cadeiras e bancos, a lavagem de Itapuã transcorreu sem maiores problemas. Sobretudo quando comparados os dados de 2015 com os dos anos em que o festejo contava com trios e mini trios.

Segundo o Major André Borges, responsável pelo policiamento ostensivo da festa, o evento pode ser classificado como “tranquilo e sem notificações relevantes”. Dados da 12ª Delegacia de Polícia Civil apontam 5 flagrantes durante a festa, sendo 2 por roubo, 1 por furto, 1 por alcoolemia ao volante e um último por tráfico de drogas.

A equipe do ItapuãCity tentou contato por telefone com o  7º Centro de Saúde José Mariane e a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) Hélio Machado, para recolher informações a respeito do quantitativo de atendimentos médicos durante a Lavagem, porém, não obteve resposta.

Fonte: ItapuãCity

Next Post

Carnaval de Itapuã 2015: Curta a folia do bairro

Quatro dias de festa. Assim será o carnaval de Itapuã, que contará com atrações de peso em uma mistura de ritmos que vai do forró ao reggae, passando pelo partido alto e – é claro – o eterno homenageado, Axé Music. Entre os dias 14 e 17 de fevereiro, sempre […]