Descaso com reforma na Praça do Jenipapeiro preocupa moradores

Mais uma vez a reforma na Praça do Jenipapeiro, em Itapuã, provoca comoção na comunidade pela falta de compromisso dos executores. Desta vez a queixa recai sobre o abandono do serviço há 30 dias, de acordo com residente. Conforme já divulgamos em nosso portal, esta não é a primeira vez que a obra é interrompida sem que nenhuma satisfação seja dada. 

2Iniciada em dezembro de 2015, moradores afirmam que a execução não contou com nenhuma colaboração da comunidade para construção do seu projeto. “Muito pelo contrário. Eles chegaram derrubando as estruturas da antiga praça que, nós moradores, havíamos reformado através de recursos próprios, e não procuraram nem saber se havia alguém interessado em acompanhar os serviços”, pontua um dos residentes. 

Ainda de acordo com ele, o abandono dos funcionários responsáveis pela obra era constante. “Eles trabalhavam um dia e ficavam uma semana sem aparecer, alegando não ter recebido pelos serviços, caracterizando essa reforma como uma boa obra de fachada. Destruíram a nossa área de lazer e agora, mesmo que inacabada, a construção já está se desfazendo e a praça segue sem condições de uso. Usaram, abusaram e agora estamos sem sequer saber a quem recorrer.”, lamenta. 

Atos de vandalismo pioram a situação

1Para agravar ainda mais o quadro, outro morador relata atos de vandalismo contra equipamentos instalados, após o início das obras. Segundo ele, parte do concreto de alguns dos equipamentos de musculação foram arrancados. “Não sei foram moradores insatisfeitos com o serviço, mas não concordo com esse tipo de atitude, pois só nos prejudica ainda mais.”, pontua. 

 Ele acredita ainda que a reforma pode ser positiva para comunidade, mas não da maneira como vem sendo executada. “De fato precisávamos de algumas melhorias, mas a forma como se posicionaram, sem preocupação com nossas necessidades, sem respeito com nossas opiniões e compromisso com prazos, vemos que mais nos causaram danos do que beneficiaram.”, diz. 

Entramos em contato com a Secretaria de Manutenção da Cidade (SEMAN), responsável pela reforma, para esclarecimentos sobre as queixas dos moradores, mas até a hora da publicação desta matéria não fomos respondidos. O Itapuã City se compromete a acompanhar o andamento desta pauta e ainda de outras solicitações que nos forem encaminhadas. Tem uma sugestão? Envie para nosso e-mail: contato@itapuacity.com.br

Next Post

Comando Geral da Polícia Militar enaltece ações da 15ª CIPM

A 15ª Companhia Independente da Polícia Militar (CIPM), responsável por Itapuã, foi novamente elogiada pelo Comando Geral da PM pelas ações desenvolvidas em suas áreas de atuação. O comandante geral, Coronel Anselmo Brandão, reconheceu, em audiência realizada na segunda-feira (9), que a companhia é a Unidade Operacional com maior número […]