26 de novembro de 2020

Festa de Iemanjá em Itapuã adota oferendas sustentáveis para celebração 

A Colônia de Pescadores de Itapuã prepara para amanhã (2) mais uma festa dedicada à Rainha do Mar, Iemanjá. Uma programação repleta de religiosidade e tradição, repetida desde 2006, este ano desperta também um lado sustentável. 

Isso porque as oferendas destinadas ao culto da entidade devem ser de cunho sustentável, ou seja, itens que não agridam a natureza, como flores e alimentos naturais, objetos orgânicos e biodegradáveis. 

“Essa iniciativa contempla o chamado ‘balaio verde’, iniciativa de membros do candomblé, que tem por objetivo manter a tradição sem poluir o mar.”, afirma o presidente da colônia, Arivaldo Sousa.

São aguardadas para festa cerca de mil pessoas, no período entre 5h às 17h. A programação prevê festejos para saudar a orixá com queima de fogos no primeiro momento da celebração, seguida da cerimônia que recebe os presentes e pedidos que chegam ao longo do dia.

Ao som dos atabaques, há a reza, confecção das embalagens e a organização delas nos 16 balaios, que ao final do percurso seguem em procissão até a Pedra da Sereia, onde os pescadores depositam os presentes no mar.