Itapuã e a pedra de ponta

4538757599_a4e67f1aee_b

coluna-perspectivas

A história da nossa comunidade mais parece uma grande ilha coberta por uma misteriosa neblina. Há tempos que eu procuro compartilhar um pouco das histórias de Itapuã. Escrevi algumas coisas, a citar os textos sobre o Santo Antônio de Arguin, a pedra de São Tomé e a Estrada Velha de Mussurunga. Há muita coisa a ser divulgada para nós moradores. Os mistérios de Itapuã são tamanhos que afeta até mesmo a nomenclatura do nosso bairro. Mas, afinal o que significa Itapuã? Qual é a verdadeira origem deste nome?

Muita gente argumenta que o nome Itapuã significa “pedra que ronca”. Até porquê é comum os banhistas escutarem um estranho barulho vindo das rochas da praia da sereia. Na realidade a “ronquidão” é produzido pelo balançar das ondas que adentram os espaços vazados dos recifes ali existentes.

A informação é bem interessante, mas preciso jogar um balde de água fria sobre isto. O nome Itapuã não significa “pedra que ronca”, mas sim “pedra de ponta” ou “ponta de pedra”, nome este dado pelos nossos ancestrais tupinambás. O nome faz referência aos afloramentos rochosos defronte à praça Dorival Caymmi. Sabe aquela última rocha, enorme, que avistamos próximo a linha do horizonte? Esta da imagemacima… Pois bem! Esta é verdadeira Itapuã, ou seja, a verdadeira pedra de ponta.

Sem título

 

Lá nos primórdios da história do Brasil, a pedra  de Itapuã era um importante referencial geográfico para aqueles que vinham do norte. Nesta cartografia mostrada acima, datado de 1631,  podemos perceber a ênfase dada ao rochedo que deu origem ao nome do bairro em que vivemos. Naquela época, os navegantes consideravam a pedra de Itapuã a porta de entrada da Bahia (a cidade de Salvador).

Esta é mais uma das inúmeras histórias que contribuem para a construção da nossa identidade. Espero poder compartilhar mais informações sobre a nossa tão rica comunidade.

 

Next Post

Villa Bahiana realiza festa de Reveillon com tema do Havaí

O maior centro gastronômico de Itapuã, a Villa Bahiana, prepara uma festa em grande estilo para a passagem do Ano Novo. Com estrutura e serviços diferenciados, o espaço assume a temática havaiana e com ares paradisíacos, se transforma na Villa Hawaiana, na noite do Reveillon. “A casa tem uma arquitetura […]