Itapuã sem Salvamar

salvamar
Foto: A Tarde

Quem optou nesta terça-feira, 2, pela praia no feriado teve que redobrar a atenção. Pela  manhã, de Ondina a Itapuã, foi constatada a presença de apenas quatro salva-vidas do Salvamar , vistos em Jaguaribe, Jardim de Alah, Pituaçu e Patamares, respectivamente.

Em greve desde o último dia 10 de junho, os funcionários aderiram à paralisação do Sindicato dos Servidores da Prefeitura do Salvador (Sindiseps). Desta forma, apenas 40% dos servidores estão em atividade.

De acordo com o salva-vidas Ernesto Barreto, os funcionários têm feito revezamento, para não deixar de atender a população nos feriados e finais de semana nas praias onde o mar é normalmente mais violento.

Os salva-vidas reivindicam o aumento do salário, atualmente de R$ 580; a implantação de assistência à saúde e de plano de cargos; a aquisição de veículos e equipamentos para salvamento e proteção. Além disso, a categoria exige a reforma da sede do Salvamar e dos mirantes da cidade; a construção de um centro esportivo, para treinamento físico, e a realização de concurso público para a entrada de, pelo menos, mais 200 profissionais.

Fonte: A Tarde Online

Next Post

Itapuã recebe Bolsa Família Móvel

O Bolsa Família Móvel, serviço implantado pela Secretaria Municipal de Promoção Social e Combate à Pobreza (Semps), atenderá até sexta-feira (5), das 9h às 16h30, em Itapuã. O objetivo é fazer a busca ativa de famílias em situação de vulnerabilidade social, para ampliar o número de beneficiários do Programa na […]