Leitor do Itapuã City denuncia abuso de alguns taxistas do bairro 

Após contatar alguns órgãos da prefeitura sem sucesso, um dos leitores do Itapuã City nos enviou uma demanda referente ao abuso de alguns taxistas ao estabelecerem pontos de táxis no bairro de forma irregular.

De acordo com ele, as regiões são demarcadas pelos próprios profissionais, sem critério algum, inclusive com a inserção de placas adulteradas que estabelecem os locais como ponto de táxi, porém claramente não são ideais para esse fim.

Ainda segundo nosso leitor, é possível contabilizar a criação de pelo menos três pontos irregulares em regiões próximas: Avenida Dorival Caymmi, Rua Genebalo Figueiredo e praça ao lado da Igreja Nossa Senhora da Conceição, atrapalhando o tráfego de veículos e pedestres.

Entramos em contato com Diogo, um dos taxistas que ficam no ponto da igreja para um posicionamento sobre a informação que nos foi dada. De acordo com ele, os pontos irregulares são realmente criados, mas por motivo e horários específicos.

“Geralmente acontece a partir das 19h30, em virtude do grande número de pessoas que frequentam os bares da região e utilizam os táxis como encosto e apoio para seus copos e garrafas. Por conta disso, somos obrigados a sair do ponto regular e nos instalar em local inapropriado.”, disse.

Em contato com a Secretaria de Mobilidade de Salvador (SEMOB), fomos orientados a enviar a denúncia por e-mail para que a demanda seja encaminhada ao setor fiscalização do órgão, que fará visita aos locais mencionados, a fim de verificar a real situação e tomar as devidas providências.

O Itapuã City assume o compromisso de acompanhar o andamento dessa pauta e ainda das demais solicitações que nos forem encaminhadas. Tem uma sugestão? Nos envie através do e-mail: contato@itapuacity.com.br.

Next Post

Comissão organizadora da Festa de Itapuã realiza prestação de contas hoje (15); participe

A comissão responsável pela organização da Festa de Itapuã se reúne hoje (15) para prestação de contas, referente ao evento deste ano. O encontro acontece na sede da Associação de Moradores de Itapuã (AMI), no Largo do Jenipapeiro, a partir das 19h.  Estarão presentes as cerca de dez entidades legalmente instituídas […]