24 de novembro de 2020

Moradores denunciam situação do cemitério de Itapuã e Semop envia esclarecimento

Após diversas denúncias de moradores sobre a situação crítica do cemitério de Itapuã, a equipe do ItapuãCity entrou em contato com a Coordenadoria de Serviços Diversos da Secretaria Municipal de Ordem Pública (CSD/Semop), órgão vinculado à Prefeitura Municipal de Salvador, para que prestasse esclarecimento à população sobre o descaso com o local.

Em 2013 foi divulgado pela Semop (confira aqui) que havia uma verba de R$ 200 mil através de um TAC para recuperar alguns cemitérios na cidade, ou seja, o cemitério de Itapuã estaria incluído. Porém, após um ano, o local permanece em estado crítico.

Segundo a assessoria do órgão, houve a demolição e reconstrução de toda a área administrativa. Sobre o projeto de reforma, informaram que haverá a ampliação do velório e a construção de 48 gavetas, que serão inauguradas neste semestre.

Com relação à Capela do local, que é mais antiga do que a própria Paróquia de Nossa Senhora da Conceição localizada na Praça Dorival Caymmi, a Semop informou que por ser centenária precisa de uma empresa especializada para reforma-la e estudos já estão sendo feitos para realizar o procedimento. Enquanto as obras não têm início, foi instalada uma cobertura na entrada da Unidade para melhorar o conforto dos familiares.

Sobre a capinação no local, que encontra-se em estado crítico, o órgão informou que devido às constantes chuvas é natural o mato crescer mais rápido, e por isso a capinação mecânica  é feita  a cada 60 dias e mantida manualmente pela equipe.

Confira abaixo as fotos recentes enviadas por moradores:

Fonte: ItapuãCity