5 de setembro de 2020

Ploc Ploc ou Chuá Chuá?

coluna-olhar-nativo

Você está em casa, na rua, no trabalho, visitando um amigo e, de repente, aquele lindo Sol começa a se esconder em meio a nuvens negras. Xi, chuva! Daí, você pensa: Ah, deve ser só uma chuvinha boba. Espera só o “ploc ploc”, mas eis que soa ´”chuááá chuáá”.
E agora? Proteja-se! Onde? Está inundando tudo, deslizamentos, queda de árvores….

Será que a chuva é um fenômeno bom ou ruim? A chuva é um fenômeno natural, é apenas a precipitação da água que evaporou.

Incrível, como ultimamente a previsão do tempo não tem sido tão certa. Será que meteorologistas estão errando? O que está acontecendo?

Infelizmente, os seres humanos utilizam os recursos naturais e ocupam o solo de forma tão excessiva, tão desordenada, tão ambiciosamente, talvez. Segundo uma lei da física, para toda ação existe uma reação. Quando há o desmatamento ou desflorestamento, a função exercida pelos vegetais é cessada e o solo torna-se deficiente para absorver a água que ali cai. Mas este crime não afeta apenas a absorção de água, mas sim muito mais, como por exemplo, a temperatura local e também a global, por que não? Muitos já ouviram dizer que a Amazônia é o pulmão do mundo, nada disso, ela funciona como um grande reator para o equilíbrio da estabilidade ambiental do planeta. Assim, se ocorrem impactos nela, toda a Terra sofre consequências. Para matar curiosidade de muitos, o pulmão do mundo é o oceano.

Sim, mas por que tantas chuvas e tão intensas? Semana passada, exatamente no dia 9 de outubro de 2013, o volume de chuva em Salvador ultrapassou o previsto para o mês. Então os meteorologistas erraram. Errado, eles fazem cálculos pelo histórico de chuvas, e feliz ou infelizmente, este ano está sendo atípico.

Algumas tragédias poderiam ser evitadas, se tivéssemos um plano de emergência e apoio público em situações tão extremas de alagamento, deslizamento, “engolimentos de movéis e pessoas pela terra”, mas também se Salvador fosse uma cidade com uma ocupação ordenada.
Uma ocupação ordenada, seria aquela que respeita as margens dos rios, que não ocupassem locais de riscos como as encostas, uma ocupação com rede de esgoto devidamente instalada e não direcionada a corpos d’água.

Logo, dá pra entender um pouco mais que a chuva é um fenômeno natural, mas que está ocorrendo em momentos e com intensidade inesperada. Entendamos que nada explorado em excesso é bom. Para toda ação, uma reação positiva ou negativa. Antes de cortar uma árvore, lançar lixo na rua, ocupa uma área, analise suas consequências. O que acontece na Amazônia tem consequência aqui e vice versa. A Terra é dinâmica, o que você faz aqui tem resultado levado para os quatro cantos do mundo. Tem um olhar mais crítico. Olhe, pare e pense.

chuva
Chuva em Salvador
Chove mais do que o esperado para o mês de Outubro/2013 em apenas 24 horas.