5 de setembro de 2020

Por Itapuã? Tudo

coluna-pense-nisso

A proposta desse veículo noticioso, bem como dos seus colaboradores, é lidar com as questões relacionadas ao bairro de Itapuã e contribuir com a sua valorização e crescimento. Não por acaso, somos o ItapuãCity. Mostrando assim que vemos o bairro como uma cidade e, como tal, tem condições de caminhar com as próprias pernas rumo ao progresso.

Nesse sentido, estimulamos ações transformadoras do bairro. Seja através de apoio operacional ou publicações, o ItapuãCity procura estar presente nas iniciativas que visam o bem local; independendo de quem seja o agente motivador dessa ação.

Assim, já enaltecemos bons gestos vindos de pessoas físicas, organizações não governamentais, associação de moradores, iniciativa privada e governo. Afinal de contas, o nosso propósito é cuidar do bairro e aquele que estiver disposto a partilhar desse ideal será bem vindo.

Exercemos também de forma veemente o papel de fiscalizador social. O que mantém frequentemente o poder público nas nossas pautas. Expomos, por exemplo, o descaso com as obras de infraestrutura do Mercado Municipal, a falta de apoio à educação e demais problemas sociais que nos afligem.

Nossas reivindicações por sua vez, ou pelo menos parte delas, vêm sendo atendidas. Portanto, por mais que essas pautas apenas reflitam as necessidades do povo e por isso não passem de obrigações a serem cumpridas pelo poder público, não é nada mais ético da nossa parte reconhecer a benfeitoria realizada.

Logo, o nosso reconhecimento ao trabalho de revitalização que vem sendo realizado no bairro retrata o nosso cuidado em fazer um jornalismo sério. Não há nada de eleitoreiro nisso. É compreensível que alguns confundam as coisas, afinal de contas, estamos em meio a um processo eleitoral e qualquer referência a obra pública pode soar como boca de urna.

O que existe de fato é uma preocupação da nossa parte em ser justo. Isso nos obriga a pegar no pé e criticar quando precisa, mas também pegar na mão e elogiar quando merece. E assim o fazemos.