Projeto social acolhe mais de 40 jovens em Itapuã através do programa jovem aprendiz

Redação

Com o atual cenário de crise enfrentado pelo país, o alto índice de desemprego tem sido alarmante principalmente entre os mais jovens. Entretanto, um projeto social realizado no bairro de Itapuã tem gerado oportunidades para jovens que precisam contribuir com a renda familiar mas não querem deixar de lado os estudos. Trata-se do Programa de Aprendizagem do Instituto Sagrado Coração de Jesus, que possui um núcleo em Itapuã, localizado nas instalações do Colégio Rotary.

O instituto já funciona há 40 anos, mas no bairro de Itapuã teve o início das suas atividades no ano de 2016. Atualmente mais de 30 jovens participam das turma de administração e arte e cultura, recebendo meio salário mínimo por mês e sendo qualificados para o mercado de trabalho. A iniciativa faz parte do programa Jovem Aprendiz, e atende jovens de vulnerabilidade social, entre 14 e 22 anos, e com renda familiar de até dois salários mínimos.

“É um programa muito bem feito e funciona maravilhosamente. Tanto nós quanto as empresas somos fiscalizados pelo ministério do trabalho. Essa capacitação com certeza abre os horizontes desses jovens, oferecendo uma porta de entrada para mercado de trabalho, que os fazem chegar lá já com uma certa experiência. Esse valor que eles recebem é muitas vezes para ajudar em casa, e para garantir a evolução deles, de dois em dois meses eles tem que trazer a frequência escolar para que possamos avaliar”, destaca Eliana Lago, Diretora do Instituto Sagrado Coração de Jesus.

Para Jean Nogueira, 26 anos, professor das disciplinas de “Estética e Moda” e “Educação e Cidadania”, o projeto é hoje uma grande referência na comunidade. ” Engrandece nossa comunidade, porque traz mais oportunidades aos jovens através da educação, da arte e da cultura. Estou aqui desde outubro de 2016, e com o crescimento da instituição nós temos conseguido ampliar as turmas e compartilhar ainda mais conhecimento. Eu já trabalhei com outras instituições, mas aqui eu me sinto representado. Encontro hoje vários ex-alunos e fico feliz em saber que eles seguiram a carreira iniciada aqui. comigo”, ressalta.

O jovem Luiz Guedes, 20 anos, mora em Portão e está no projeto há 5 meses. “Conheci o projeto através de uma amiga. Atualmente me identifico com a turma de produção de eventos e estou adorando o conhecimento que estamos adquirindo. Passei a ter uma visão mais ampla dos assuntos que tratamos aqui, e reconheço que estou me tornando uma pessoa melhor.

Para maiores informações: http://www.institutosagrado.org.br

Next Post

Grupo Capoeira do Intuitivo realiza evento gratuito no próximo dia (25)

No próximo sábado, 25/11, acontece a segunda edição da CAPOEIRA DO INTUITIVO, método criado por Mestre Tyko Kamaleãoque possibilita a pessoas que nunca fizeram capoeira vivenciar a prática e a filosofia dessa arte. Todos podem participar, inclusive crianças, pessoas da Terceira Idade e Portadores de Necessidades Especiais. A festa com […]