Casa da Música realiza oficina de maracatu

Itailuan Anjos
BizoroAvoador
Foto: Bizoro Avoador em apresentação

Estão abertas as inscrições para a oficina de maracatu, com aulas na Casa da Música, às quartas (17h) e sábados (14h). O curso é gratuito e é promovido pelos músicos Yago Avelar e Val Macambira, que fazem parte do Instituto Maracatu Bizoro Avoador.

“Como já participamos de um grupo de maracatu, queremos difundir ainda mais o folguedo e quem sabe trazer novas pessoas para o instituto”, afirma o professor, Yago Avelar.

Nesta quarta-feira (16/04) acontece a segunda aula, já com ensinamentos práticos. O professor pede que os alunos levem os instrumentos musicais que possuírem, a fim de enriquecerem a aula.

Com origem não definida, alguns autores afirmam que a tradição nasceu nos terreiros de candomblé ainda no período da escravidão, quando os escravos reconstituíam a coroação do reis do Congo. Com o advento da abolição, este ritual ganhou as ruas, tornando-se um folguedo carnavalesco e folclórico.

Em 2004, Val Macambira introduziu e fundou na Bahia, seu próprio maracatu, denominado Maracatu Bizoro Avoador. Seu diferencial está na fusão do Maracatu Rural (Maracatu de Baque Solto) e o Baque Virado (Maracatu Nação), além da carga musical de outros gêneros como: o clássico, barroco, o hip hop, o rock, o repente e a música nordestina, tendo como resultado um ritmo original. Na concepção de suas letras e melodias, traduz o cotidiano do povo brasileiro e dos personagens da cultura popular, onde o folclore se torna lúdico e vivo.

Mais informações: 3116-1511/1512

Fonte: ItapuãCity | Camila Barreto

Next Post

Vamos puxar a rede

Em determinados momentos Itapuã se assemelha aos filmes de ficção que brincam com a ideia do universo paralelo. De um lado o mundo real moderno, envolto nas situações estressantes do cotidiano. Trânsito, violência, poluição, ruído. buy diflucan Do outro, o mundo poético, encantado, visto e ouvido nos versos de Caymmi. […]