9 de outubro de 2020

Falta de merenda, água e pagamento de salários provocam manifestação no Rotary, afirma aluna

Falta de merenda, água e pagamento de salário aos funcionários são motivos suficientes para que haja paralisação das atividades no Colégio Estadual Rotary, em Itapuã, conforme aconteceu ontem (1º), de acordo com aluna da instituição. 

A discente denuncia ao nosso portal a difícil situação em que convivem os integrantes da escola, há cerca de três meses, e medida encontrada por eles como forma de protesto pelos problemas enfrentados. 

Ainda de acordo com ela, que frequenta a escola há três anos, há temor de que mais protestos precisem ser realizados para chamar a atenção do setor público e os estudantes sejam prejudicados por não terem as aulas ministradas conforme calendário escolar. 

Diretor faz ressalva

Em contato com o diretor da instituição, Erweuter Volkart, fomos informados de que paralisação de fato aconteceu, mas apenas por parte de funcionários terceirizados. “Eles estão há algum tempo sem receber o salário e os auxílios alimentação e transporte, portanto, decidiram realizar o manifesto por seus direitos. Mas não há nenhuma deficiência quanto ao fornecimento de merenda e água.”, afirma. 

Ainda de acordo com Volkart, o problema já está se encaminhando para resolução. “Ainda ontem participei de uma reunião no Núcleo Regional de Educação (NRE) 26 e foi informado que a Secretaria de Educação do Estado (SEC) já está tomando as devidas providências.”, afirma. 

Entramos em contato com a SEC, relatando a denúncia, mas ainda não fomos respondidos. O Itapuã City assume o compromisso de acompanhar o desdobramento dessa pauta e ainda das demais solicitações que nos forem encaminhadas. Tem uma sugestão? Nos envie através do e-mail: contato@itapuacity.com.br.