Itapuã ao som do jazz alternativo

Itailuan Anjos

A fusão do jazz com o rock, que inspirou a geração dos anos 60 está de volta, e com uma pitada de clima praieiro. Esse é o conceito do grupo Itapuã Jazz, idealizado por Rafael França, (28). “Itapuã Jazz é um conceito diferenciado de cultura dentro de Itapuã, uma ideologia. É a materialização do jazz da praia”.

Itapuã Jazz fazendo show na casa da Música em Itapuã

Segundo Rafael, o envolvimento com a música aconteceu desde cedo. “Quando eu era criança, tocava violão, guitarra, mas tinha uma inclinação para o rock, bossa nova. A partir dos 15 anos comecei a me interessar mais pelo jazz, passei a pesquisar sobre a história e os movimentos do gênero”, diz.

Mal sabia ele que o jazz continuaria a fazer parte de sua vida, de forma mais ampla. Em 2006, surgia a ideia, mas a criação do grupo só se firmou em 2010.

Atualmente, com cinco integrantes, o Itapuã Jazz tem identidade alternativa e procura integrar conceitos, melodias, formatos diferentes. “A gente agrega ao som do rock, funk, hip hop, samba. Mas, se fosse possível classificar, eu diria que somos um autêntico grupo de jazz rock”, assinala Rafael.

As apresentações do grupo se concentram, em sua maioria, na Casa da Música, mas é possível assistir em outros shows fora do bairro. Para conferir o trabalho do Itapuã Jazz basta acessar no Youtube – youtube.com/user/itapuanjazz ou no facebook.com/itapuajazz.

Fonte: ItapuãCity | Camila Barreto

Next Post

População da Soronha sofre com obras que não saem do papel há nove anos

Nove anos, uma obra e várias reclamações. Um projeto de macrodrenagem e urbanização integrada na região da Baixa cialis 10mg da Soronha, que deveria ser a solução dos problemas, tira o sono dos moradores, porque nunca saiu do papel. Enquanto isso, famílias e passantes convivem com uma série de problemas, […]