Nativos reclamam do trânsito congestionado de Itapuã

avenida-dorival-caymmi

Quem é morador ou passa por Itapuã todos os dias, sabe que atravessar a Avenida Dorival Caymmi entre o trecho do Monumento da Sereia até a altura de Nova Conquista é uma verdadeira maratona. A pé ou motorizado, o cidadão enfrenta dificuldades por conta dos carros parados ou estacionados em locais indevidos e dos ambulantes nas calçadas.

“Andar por ali é muito estressante, principalmente agora no verão e nos fins de semana onde as pessoas frequentam mais a praia. É sempre uma confusão, pessoas atravessam fora da faixa, carros estacionados em lugares impróprios, sem falar nos micro-ônibus que param fora do ponto. Indo de ônibus já me atrasei para vários compromissos por causa do engarrafamento, inclusive, uma vez perdi a prova da faculdade”, desabafa a estudante universitária Isadora Paixão (21).

Para realizar o caminho até o trabalho de carro, o gestor Comercial Fernando Pereira (45) passa pelo trajeto, que na maioria das vezes está engarrafado.  “As vias duplas foram projetadas para suportar o fluxo, mas o pessoal sempre ocupa a faixa da direita. Nos horários de oito da manhã e cinco da tarde então a situação fica caótica”, afirma.

Ele enfatiza que já chegou a gastar 25 minutos para completar a distância de 1,5 km na Avenida. “Não só os passantes são prejudicados, os comerciantes também são, pois os clientes que quiserem parar nas lojas, não vão conseguir”.

De acordo com o subprefeito da Prefeitura-Bairro Orla, Jaqson Souza, falta ordenamento no local. “A mobilidade urbana está sendo um grande desafio para os gestores. Existe a necessidade de ajustar o trânsito, que passa pela organização do ponto de ônibus próximo a Sereia, dos ambulantes no entorno, bem como o recapeamento asfáltico, cujo serviço já foi determinado pelo prefeito”, diz.

Fonte: ItapuãCity | Camila Barreto

Next Post

Em protesto barraqueiros queimam banheiros químicos e interditam via em Itapuã

Em protesto contra a ‘Operação Verão’, que apreendeu neste sábado (18) cerca de 340 equipamentos irregulares nas praias entre o Porto da Barra e Piatã, barraqueiros queimaram sanitários químicos e interditaram a avenida Octávio Mangabeira na manhã deste domingo (20). De acordo com a Central de Polícia, a manifestação teve […]