Requalificação para todos!

1797365_746311235379824_559254921_n

coluna-perspectivas

A comunidade de Itapuã se reuniu, neste último sábado(08) para ouvir o então prefeito ACM Neto. No encontro, estava em pauta o grande projeto de requalificação da Orla que irá mudar a cara do nosso bairro. A notícia da reforma, que estenderá desde o Habbib’s até a praça Dorival Caymmi, foi vista com entusiasmo por grande parte da população. Mas, diante de mudanças tão abruptas, qual será o futuro da nossa comunidade?  Dede já, vale apena fazer algumas reflexões.

Uma das reflexões que proponho que todos façam, está nos impactos causados pelas tais mudanças. Observe que haverá a expropriação de inúmeros pontos comerciais, alguns deles tradicionais na comunidade. Com a requalificação a movimentada Rua Genebaldo Figueredo ganhará uma nova dinâmica, de tal forma que o comercio local poderá sofrer com uma possível elitização.

Assim, a requalificação irá trazer grandes impactos sociais, sobretudo para os mais pobres que frequentam a região em busca de produtos com preço mais em conta. Como já disse em textos anteriores, não só vivemos em um bairro classe média, mas também vivemos num bairro desigual, fato este que torna a elitização dos nossos espaços uma traiçoeira forma de acentuar a exclusão social que traz consigo problemas como a miséria, a violência, e as drogas.

 De qualquer modo, que seja bem vindo as reformas! Mas, é bom deixar claro que toda transformação tem seus impactos e devemos olhar com cautela o lado frágil desta grande corda chamada sociedade.

Next Post

“Viva o Abaeté” convida comunidade de Itapuã para tarde de atividades e oficinas

O Parque Metropolitano do Abaeté recebe hoje (13/02) a terceira edição do projeto cultural “Viva o Abaeté”, que tem realização da Casa da Música, bem como parceria com a Área de Proteção Ambiental Lagoas e Dunas do Abaeté (APA) e o Instituto Estadual do Meio Ambiente (INEMA). De acordo com […]