Retorno da escultura de Calasans Neto a Itapuã ainda é uma incógnita

metamorfose-calasans O monumento “Metamorfose dos Habitantes da Lagoa” inaugurada em 1985, é uma das maiores expressões de Itapuã, de autoria do artista plástico baiano, Calasans Neto. A escultura foi retirada do bairro para restauração há cinco anos após apresentar risco de desabamento, mas não tem previsão de retorno.

O ItapuãCity entrou em contato com a Fundação Gregório de Matos, responsável pela manutenção de monumentos em Salvador. De acordo com a FGM, a obra não tem data para retornar, visto que não há recursos para a recuperação, nem possíveis patrocinadores que possam arcar com a reforma.

A obra é a representação do imaginário do artista baiano sobre os habitantes da Lagoa do Abaeté. A escultura de formas abstratas tem 16 metros de altura, em ferro e latão, e revestida com fibra de vidro. A peça, que já integrou até de cenário de filme, ficava localizada no início da ladeira do Abaeté.

Sobre o “mestre Calá”

De acordo com a viúva do mestre Calá, Auta Rosa, o artista viveu no bairro do ano 1971 até sua morte, em 2006. “Ele tomava banho de mar todos os dias, mas ficava boa parte do tempo em casa”, diz. “Ele tinha muita amizade com Jorge Amado, Floriano Teixeira, Caribé e almoçavam juntos quase todos os sábados aqui”, reforça. Ela conta ainda que entre as habilidades do baiano, as de gravador e ilustrador eram as que mais recebiam dedicação. “Ele adorava ilustrar livros, acho que gostava tanto que era capaz de pagar para fazer o trabalho em vez de receber por isso”, afirma.

Vale destacar que o bairro e todos os mitos e histórias de Itapuã foram representadas nas mais diversas linguagens por Calasans Neto.

E você, o que acha? O monumento Metamorfose dos Habitantes da Lagoa deveria voltar para Itapuã? Dê sua opinião respondendo a enquete abaixo!

Fonte: ItapuãCity

Next Post

Quer realizar um evento em Itapuã? Confira os procedimentos

A Prefeitura de Salvador divulgou documento que determina os procedimentos para a realização de eventos na cidade. O Decreto 24.511, define padrões quanto à natureza, tamanho, autorização e atribuições obrigatórias que deverão ser seguidas para a montagem do evento. A Prefeitura ressalta que os pedidos para providências de instalação de […]