Semop esclarece questionamentos sobre o Mercado de Itapuã antes da inauguração

Redação 3

Com a obra de revitalização iniciada em 14 de agosto de 2014, finalmente será entregue para a população o novo Mercado de Itapuã. A inauguração será aberta ao público e acontecerá neste sábado (12), às 10h00.

Com a entrega da obra, diversos questionamentos surgiram sobre o funcionamento do local e os permissionários que ocuparão o espaço. O ItapuãCity entrou em contato com a Secretaria de Ordem Pública – SEMOP, e esclareceu algumas dúvidas enviadas ao portal. Confira:

1- Qual é a nova data de inauguração do Mercado de Itapuã?​

Primeira quinzena de dezembro.

2- Todos os antigos permissionários serão contemplados com boxes?

​  Todos que estão em conformidade com as normais legais.

3- Serão 54 boxes?

Sim, incluindo pessoal de artesanato. ​
​  ​
4- Havendo novos permissionários, qual será o critério adotado para a inclusão do mesmo?

Nos casos em que há espaço para novos permissionários, o processo é feito por licitação.

5- Os pavimentos serão organizados por tipo de serviço/produto oferecido? Como será essa divisão?
6- Haverão quantos restaurantes? Qual será o critério adotado para a escolha dos permissionários que administrarão os restaurantes?

​ 9 restaurantes no 3° andar. Todos ocupados por antigos permissionários.
12 boxes de artesanatos no 2° andar
1 boxe de sapateiro no 2 º andar
3 boxes concedidos aos antigos permissionários da Mercado do Rio Vermelho que irão mudar o ramo de atividade no novo Mercado.
No 1º andar constam 8 bares, 6 mercearias, 3 açougues, 9 boxes para peixes e mariscos, 3 de hortaliças.

7- No 3º piso haverá palco para apresentações? No projeto foi contemplado algum tipo de isolamento acústico?

​  Não, o novo espaço não contém palco e nem contemplará shows ao vivo. ​

CONFIRA AS FOTOS:

Next Post

Itapuã recebe Teatro a Céu Aberto

Sábado e domingo (19 e 20) a Casa da Música no Abaeté (Itapuã) recebe o Encontro Teatro a Céu Aberto, de arte de rua. A proposta é reunir artistas para compartilhar pesquisas, reflexões, abordagens críticas e pontos de vista variados sobre a Arte do Teatro de Rua, através de palestras, rodas […]