'Gato' de energia em unidade de rede de fast food é descoberto em Itapuã
   

‘Gato’ de energia em unidade de rede de fast food é descoberto em Itapuã

coelba

Um ‘gato’ de energia foi identificado em uma unidade de rede de fast food, no bairro de Itapuã, em Salvador. A irregularidade foi detectada no sábado (9) pela Polícia Civil e agentes da distribuidora Neoenergia Coelba, em uma ação conjunta na capital baiana. O nome do estabelecimento não foi revelado.

A distribuidora desativou a ligação clandestina e informou que outras sete unidades da mesma rede, em cinco cidades baianas, foram flagradas praticando o mesmo crime.

A Neoenergia Coelba relatou que o estebelecimento foi mapeado pela distribuidora depois da operação de combate ao furto de energia feita em todo estado, que tinha como objetivo estabelecimentos comerciais do ramo alimentício.

A ligação clandestinha era utilizada para o fornecimento de energia dos estebelecimentos, sem a medição do consumo. Durante a operação foram recuperados 450 mil quilowatt-hora (kWh) de energia, o bastante para abastecer mais de quatro mil imóveis em um mês.

Para identificar as unidades como possíveis consumidores irregulares, a distribuidora usa softwares associados a sensores inteligentes que controlam o fluxo de energia elétrica na rede de distribuição, apoiando as ações de investigação em campo. Esses sistemas viabilizam uma maior assertividade das operações de combate ao furto de energia. A empresa ainda relatou que participaram da ação, 14 técnicos e eletricistas da distribuidora, além de profissionais da Polícia Civil e da Polícia Técnica.

Crime e denúncias

A Neoenergia Coelba ressalta que os ‘gatos’ representam riscos para a segurança. Além do mais, o furto de energia afeta o fornecimento de energia da região, podendo provocar graves problemas para a rede elétrica e causar a interrupção do abastecimento.

O furto de energia é crime previsto no artigo 155 do Código Penal Brasileiro, com pena de até oito anos de reclusão pela prática ilegal. Por isso é fundamental a denúncia de fraudes e furtos de energia.

A distribuidora ressalta que o apoio da comunidade é importante para identificar os desvios e acionar a Neoenergia. As denúncias são realizadas de forma anônima através do telefone 116 ou pelo site da Neoenergia Coelba na parte de Serviços, na aba Denúncia de Irregularidade.

Fonte: PNotícias