Secretaria de Educação se posiciona sobre protesto de alunos da rede estadual em Itapuã

Secretaria de Educação se posiciona sobre protesto de alunos da rede estadual em Itapuã

Na última segunda-feira (11), alunos do Colégio Estadual Marechal Mascarenhas de Morais realizaram protesto cobrando solução diante da situação dos funcionários terceirizados da instituição, sem salário e benefícios há meses.

Em posicionamento, a Secretaria Estadual de Educação afirma que “já notificou as empresas terceirizadas para regularizar a situação” e que “as empresas responsáveis informaram que estão efetuando os pagamentos”, minimizando a razão do protesto dos alunos.

Em contrapartida, o órgão estadual afirma que “para os que não receberem os salários referentes ao mês de fevereiro e meses anteriores, até esta semana, a Secretaria da Educação efetuará o pagamento diretamente ao trabalhador”.

A nota garante também que o governador da Bahia, Rui Costa, anunciou que redefinirá os contratos com as empresas terceirizadas, unificando-os na Secretaria da Administração do Estado da Bahia (Saeb), para atender todos os órgãos estaduais e que o novo processo licitatório deverá ser publicado em, no máximo, duas semanas.

Sobre as paralisações

Esta não é a primeira vez que o nosso portal noticia informações referentes às paralisações e manifestos de alunos da rede pública, em nome de melhorias para os funcionários e na estruturação das instituições.

Em 14 de março, alunos dos colégios estaduais Lomanto Júnior e Rotary, também em Itapuã, pararam uma das principais avenidas do bairro, em protesto pela educação de qualidade, e em nome dos funcionários terceirizados que também estavam sem salário e benefícios. Confira aqui.

Também noticiamos neste link, as ações extremas encontradas pela diretoria e alunos do Rotary, para manter o calendário acadêmico. E ainda os discentes do Lomanto Junior, que precisaram faxinar a instituição para que fosse possível manter as aulas na escola (clique para conferir).

Em todas as ocasiões, a Secretaria de Educação afirmou estar tomando as devidas providências, conforme é possível verificar aqui.

Confira nota na íntegra:

Nota de Esclarecimento

Em relação ao pagamento dos trabalhadores terceirizados que prestam serviço nas escolas da rede estadual, a Secretaria da Educação do Estado da Bahia informa que já notificou as empresas terceirizadas para regularizar a situação. As empresas informaram que estão efetuando os pagamentos.

Para os que não receberem os salários referentes ao mês de fevereiro e meses anteriores, até esta semana, Secretaria da Educação informa que efetuará o pagamento diretamente ao trabalhador.

Além disso, o governador Rui Costa já anunciou que irá redefinir os contratos com as empresas terceirizadas, unificando-os na Secretaria da Administração do Estado da Bahia (Saeb), para atender todas as secretarias e órgãos estaduais. O novo processo licitatório deverá ser publicado em, no máximo, duas semanas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

I accept the Privacy Policy