Segurança da Lagoa do Abaeté está sob cuidados de seguranças privados 
   

Segurança da Lagoa do Abaeté está sob cuidados de seguranças privados 

Um dos cartões postais mais conhecidos da cidade de Salvador tem sido deixado de lado quando o assunto é segurança. Uma matéria publicada pelo Correio da Bahia na última semana destaca que a o patrulhamento no Parque Metropolitano do Abaeté está sendo realizado, em grande parte, por seguranças privados.

Durante a visita do veículo de comunicação à lagoa para confecção da matéria, nenhum policial militar em serviço foi encontrado, apenas os vigilantes que se distribuem entre o barracão de restaurantes, o entorno dos quiosques, as áreas verdes, o estacionamento e o Museu Casa da Música. 

De acordo com o Instituto do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Inema), 58 seguranças promovem a segurança do local. Já, segundo a Polícia Militar, o policiamento na Lagoa do Abaeté é feito pela 15ª Companhia Independente (CIPM/Itapuã) e nas Dunas esse trabalho é realizado pelo Esquadrão de Polícia Montada. “A PM faz o policiamento com viaturas e rondas (radiopatrulhamento), apoio de motocicletas e coloca quadriciclos da 15ª CIPM nas dunas”.

Ainda de acordo com eles, há abordagens preventivas e operações estratégicas com reforço do Pelotão de Emprego Tático Operacional (Peto) e da Companhia Independente de Policiamento Tático (CIPT/Rondesp). Até o dia 17 de agosto, nenhum homicídio havia sido registrado na região do Abaeté este ano.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.